Notícias - Futebol

26 de Outubro de 2019 ás 10:27

Cuiabá decide Copa Verde no Mangueirão, em Belém(PA)

Primeiro jogo da decisão será no dia 14 de novembro, na Arena Pantanal

Estão marcadas as datas para os dois encontros entre Cuiabá e Paysandu pela decisão da Copa Verde 2019, competição que vale a vaga direta para as oitavas de final da Copa do Brasil 2020. O Sorteio dos mandos de campo foram definidos no início da tarde desta sexta-feira(25) pela CBF.

O Dourado, representante mato-grossense, joga o primeiro jogo em casa, no dia 14 de novembro (quinta-feira), na Arena Pantanal, em Cuiabá. O segundo jogo e decisivo será no dia 20/11 (quarta-feira), no estádio Mangueirão, em Belém do Pará. Os horários das partidas serão definidos em conjunto dos clubes com a CBF. Será a primeira vez nesta edição que o Cuiabá decidirá como visitante.

Campanhas

Com time alternativo na competição, o Cuiabá começou a Copa Verde com vitória contra o Iporá(GO) por 2 a 1 fora de casa, nas oitavas de final, porém, foi derrotado na Arena por 1 a 0 e teve que decidir a vaga nas penalidades de forma emocionante, vencendo por 6 a 5. Nas quartas de final, o negócio foi um pouco mais tranquilo, eliminou o Costa Rica(MS), com empate em 1 a 1 fora e vitória por 2 a 1 em casa.

Na semifinal, teoricamente com a equipe principal, o Cuiabá enfrentou o Goiás, que compõe a Série A do Brasileiro. Na ida, revés por 1 a 0 no estádio Serrinha, na época no comando de Itamar Schülle. Na volta, já comandado pelo técnico Chamusca, vitória por 2 a 1 e classificação nos pênaltis.

O Paysandu, que permaneceu na Série C do Brasileiro neste ano, também teve dificuldade na Copa Verde. Nas oitavas de final, venceu o Nacional(AM) por 1 a 0 na ida e empatou sem gols na volta, no estádio da Curuzu, em Belém. Nas quartas de final, foram dois empates em 1 a 1 contra o Bragantino do Pará, conquistando a classificação nos pênaltis por 6 a 5 fora de casa.

Na semifinal, o famoso e tradicional clássico Re-Pa. Com dois jogos no Mangueirão, empate sem gols na primeira partida e vitória Bicolor por 3 a 1 na volta, chegando à sua quinta decisão na competição nacional.

Histórico

Em cinco participações anteriores, o Cuiabá foi campeão em 2015, contra o Remo, rival do atual adversário da final. No primeiro jogo no Mangueirão, o Dourado perdeu por 4 a 1, mas, no jogo de volta, conquistou o "milagre do Pantanal", com virada por 5 a 1 para cima do Leão. Foi a única vez que a equipe mato-grossense chegou à decisão.

Já o Paysandu, que também participou de todas as edições, tem mais tradição na competição. Buscou o título em duas oportunidades, 2016 e 2018, sendo o atual campeão. Em 2014 e 2017, o Papão foi vice-campeão, eliminado na final por Brasília(DF) e Luverdense(MT), respectivamente.

Curiosidade

Em 2017, o técnico Marcelo Chamusca disputou toda a Copa Verde no comando do Paysandu, chegou à decisão, mas ficou com o vice-campeonato diante do Luverdense, com uma derrota na Arena Pantanal por 3 a 1 e empate em 1 a 1 no estádio Mangueirão. No mesmo ano, como prioridade, ele foi campeão paraense pelo bicolor, em duelo contra o rival Remo.

Questionado pela reportagem do Olhar Esportivo antes mesmo da classificação na semifinal sobre essa nova oportunidade, Chamusca respondeu que ficou o desejo de disputar mais uma decisão da competição.

“É um título, eu tenho 23 títulos na minha carreira, então todo título tem um significado muito grande. A Copa Verde é a segunda vez que estou participando, o destino acabou me dando uma oportunidade. Apesar de eu não ter conquistado o título (em 2017), ficou um desejo de ter uma nova oportunidade”, disse.

Mais informações em instantes sobre os horários dos jogos*

Fonte: Showdoesporte/Olhar Esportivo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
COMENTE AGORA