Notícias - Futebol

29 de Janeiro de 2017 ás 21:44

Mixto reclama muito de arbitragem depois de penalti marcado no fim

Gol da vitória do Operário VG no clássico dos milhões gera revolta por parte da diretoria do Mixto, que contesta decisão da arbitragem em marcação de penalti

O primeiro clássico dos milhões do ano pelo Campeonato Mato-Grossense, foi marcado por muitos gols, e reclamações da arbitragem, por parte da diretoria do Mixto, que se disse prejudicada depois da marcação de um penalti aos 43 minutos do segundo tempo, à favor do Operário VG, quando a partida estava 2x2.

A bronca do Tigre, seria por conta de um lance marcado pelo árbitro Rodrigo da Fonseca, no fim do segundo tempo, quando entendeu que o volante Pará teria cometido penalti, depois de uma falta dentro da área. Com a penalidade, o jogador do Mixto que já tinha cartão amarelo, acabou expulso. Com um jogador a menos, o Mixto sofreu a virada do Operário VG, e no fim do jogo, muita reclamação.

- Isso o que aconteceu aqui hoje é uma vergonha. Colocar um árbitro como esse, sem experiência para apitar um jogo dessa importância como é um Mixto e Operário, é no mínimo usar de má fé para com o Mixto. Um jogo dessa grandeza, o certo é ter um juiz mais experiente, aí me vem ele e me marca um penalti que não existiu, é brincadeira isso aqui. disse um dirigente do Mixto em entrevista a Rádio Vida MT.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO MATO-GROSSENSE

Com o penalti convertido pelo atacante Geílson, o Operário VG venceu o jogo por 3x2, e assumiu a liderança do grupo A com 3 pontos, e de quebra, jogou o rival para a lanterna do grupo. O próximo compromisso do Tigre pelo estadual será no próximo domingo, dia 5 de fevereiro, contra o Sinop fora de casa.

 

Fonte: Showdoesporte/Globo Esporte/Cuiabá

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
COMENTE AGORA